Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LM, fast foodie

Pasta-expert *** Master na arrumação da caixa de sushi *** Doutoramento na cozinha do desenrrascanço *** Veggie Friendly *** Viciada em comer-fora e arruinar carteiras

02
Nov22

Kantō Sushi Fusion

LM

 

Todos temos pratos ou tipos de cozinha favoritas, e para quem me segue há algum tempo, seja por aqui ou pelo Instagram, sabe que eu tenho problemas com sushi. Tenho, não há como negar.

Olá, eu sou a LM, tenho demasiados anos, e sou viciada em sushi.

 

Eu fico a tremer, toda suada, cheia de comichões, só de pensar que vou comer sushi dali a umas horas, tal é normalmente a ressaca. Mas agora parando um pouco com o exagero desta descrição de amor a esta iguaria nipónica, vamos acalmar e falar sobre a experiência no Kantō (nota técnica: eu não sei colocar esta barra em cima do "o", tive de copiar imensas vezes - se alguém quiser explicar como se eu fosse muito burra, agradeço que o deixem nos comentários para uma próxima).

 

Bem (p%rra que chata), lá fui eu e o meu esposo até ao Kantō que fica numa zona que amamos demais: na estrada da Luz, relativamente perto das Torres de Lisboa. Este sítio é muito especial para nós, dado que morei ali muito perto, onde passámos muito tempo do nosso primeiro ano de namoro. O restaurante está super bem localizado, com uma esplanada gigantesca que nos convida a voltar nos dias de maior calor para aproveitar as boas noites Lisboetas. 

A decoração do espaço no seu interior é convidativa, com um ar mais modernaço e a fazer juz ao tipo de sushi que se faz ali: de fusão - é mais criativo, mais moderno, mais cenas.

C4F53387-5CAA-43F2-AFE0-D0D915433E89.jpeg

 

Como talvez se recordem, eu sou mega fã de sushi tradicional e também gosto de dar umas mordidinhas em sushi de fusão (bem feito). Se calhar tenho de dar aqui um pouco mais de contexto na parte do "bem feito", é que para mim é sempre um risco provar novos sitios de sushi deste género: ou amo, ou odeio. Não costuma haver um meio termo... porque não é nada fácil encontrar espaços que o façam sem entrar no exagero de molhos, fritos, frutas, e coisas estranhas.

 

Ficámos numa mesa perto dos sushimans e digo-vos que o balcão impressionava: as peças de peixe com um ar bem fresco, bem acondicionadas, tudo limpo e impecável. Vi vários tipos de peixe, o que me traz logo um alívio por que sabem o que estão a fazer.

No Kanto, temos a opção de pedir à carta mas também escolher um dos dois menus de degustação: o Japonês (15€ ao almoço ou 20€ ao jantar) e o Fusion (18,6€ almoço e 24,9€ ao jantar - que inclui mais coisas que o primeiro, tipo katsu de porco e outras entradas japonesas mais elaboradas). Nós fomos pelo Japonês, que inclui carpaccio de salmão, hot rolls, spring rolls e a selecção de sushi e sashimi do chef. 

Como não sou grande fã de hot rolls, pedi para serem moderados nos fritos, um pedido que foi prontamente atendido. Mas claro, primeiro veio o carpaccio de salmão, que estava muito bom, mas que pecava por serem poucas peças.

4F79ABB8-065B-48A1-8217-B435BCD65932.jpeg

 

Os hot rolls e spring rolls, apesar de eu ter esta esquisitice com eles, estavam mesmo muito bons (o que não costuma ser algo que eu escreva!). 

BEEF2E89-5367-4B71-B297-63B7320A67A4.jpeg


A selecção de sushi e sashimi, além de ter uma apresentação cuidada (os olhos também comem!) continha peças que não vemos em todos os restaurantes: sashimi de polvo, algumas misturas fora do normal com vários tipos de peixe na mesma peça. Muito criativo! O arroz estava bem feito, a proporção das peças muito equilibrada (sim, sushi quer-se em peças pequenas!), nada de sushi de fusão demasiado exagerado nós molhos (muita fruta, mas pronto são gostos). Gostei bastante apesar de não ser a minha praia tradicional do costume. 

2442F710-B805-4A91-8750-4D61ADDD6D86.jpeg


As sobremesas eram super fofas: um brownie e um petit gateau de chocolate, com gelado e uma apresentação super colorida. Estavam óptimos, mas tenho pena que não sejam feitos no local... Isto foi um ponto a menos.

1053338F-30A4-411B-9B9B-E2F99E3F6C41.jpeg

699393A5-B950-4D1E-A92A-821036FF8272.jpeg

 

Se é dos meus sushis preferidos? Não, acho que tem muita margem para melhorar alguns detalhes: a qualidade do atum e/ou preparação (não estava fantástico), o Su do arroz estava demasiado doce para mim, as sobremesas de supermercado... são pormenores vá. A experiência de forma geral foi muito boa para um preço justo, só acho que tendo em conta a oferta que há hoje em dia, tem todo o potencial para se destacar ainda mais e subir a parada. E principalmente se aquela esplanada fantástica for melhor aproveitada para o verão e quem sabe até inverno (espaço não falta!)

 

Quando formos matar as saudades da zona, é sem dúvida um spot para voltar!

 

O melhor de tudo, tem 20% de desconto em Zomato Pro! É de aproveitar :)

Kantō Sushi Fusion Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

31
Mar22

Olá Nepal - uma viagem no centro de Lisboa

LM

Fomos descobrir o Nepal ali ao Conde Redondo, e o mais estranho é que morei vários anos ali ao lado e, apesar de este espaço ter estado sempre por lá, eu nunca tinha entrado... Assim fui matar as saudades da zona e conhecer este recatado restaurante em pleno coração da cidade. O restaurante fica mesmo na rua do Conde Redondo, na descida quase a chegar à Universidade Autónoma.

 

Ao entrar, sentimos logo o ambiente Nepalês com aquela decoração clássica do país: fotografias de várias cidades, especiarias, arte Hindu... Um espaço acolhedor e despretensioso.

 

IMG_20211201_201700.jpg

 

A nossa mesa estava reservada, e aconselho-vos a fazer o mesmo pois o espaço não é o maior e estava composto. Nos dias quentes, há sempre a opção de ir para a esplanada, mas não era o caso. Vimos várias pessoas a chegar sem sorte de ter mesa e fomos num dia supostamente calmo, durante a semana. Fomos recebidos e encaminhados à nossa mesa com a maior simpatia, pedimos ajuda para escolher os pratos (claro, a opinião de quem sabe é sempre a melhor! Mas nós já tínhamos alguns favoritos em mente).

 

Primeiro, como manda a lei, vieram as entradas da casa e não podia faltar o Pão Naan recheado com queijo (confesso que às vezes tenho desejos disto, podia ser a minha refeição completa). Este é mais fofinho e massudo do que a maioria dos que já provei, o queijo derretido por dentro faz toda a diferença. Muito bom!

 

IMG_20211201_202948.jpg

O Papari (aquela coisa crocante na foto seguinte) não é a minha praia, mas usei-o para comer o prato principal e combinou muito bem.

 

IMG_20211201_202902.jpg

 

Chamem-me exagerada, mas queijo nunca é demais. Tinha mesmo de provar o Paneer Pakora, que são pedaços de queijo fresco envolvidos em farinha de grão... Fritos (inserir smile com mãos na cara a esconder a vergonha). Mas é tãoooooo bom!

 

IMG_20211201_203501.jpg

 

Como principais, pedimos Korma de camarão e Tikka Masala de frango. Como adoro Korma, tenho termo de comparação com muitos outros restaurantes e posso dizer que este estava mesmo muito bom: bem servido de camarões e com um molho muito suave. O Tikka Masala do meu esposo (sim, adoro dizer esposo) estava muito saboroso, porém, não consigo dar grande feedback tendo em conta que ele espeta metade do frasco de picante lá para dentro. Contudo, ele adorou. Adoro o facto de servirem os pratos principais nestes potes (na foto seguinte, e se quiserem espreitar os meus stories no Instagram está lá um vídeo também nos destaques "Lisboa") que não só são giríssimos como também mantém o conteúdo sempre quentinho. Maravilha! Pedimos arroz basmati a acompanhar, porque prefiro não misturar mais sabores, mas há muitas opções de arroz!

 

IMG_20211201_205640.jpg

 

Como podem calcular, depois de tanta entrada e estes pratos bem compostos, só havia espaço para este xiripiti... 

IMG_20211201_213745.jpg

 

O staff foi extremamente atencioso, adorámos conhecer o espaço e a comida.

Ficámos com muita vontade de voltar para pedir o prato da mesa do lado (eu sei, vou para o inferno por andar a desejar as coisas do vizinho do lado) que consistia num pedido especial onde vêm vários pratinhos com um bocadinho de cada coisa. Infelizmente não estava no menu, mas pelos vistos pode pedir-se! 

Nota importante: este restaurante tem 20% de desconto em Zomato Pro, por isso aproveitem!

Um restaurante para voltar em breve!

 

 

 

Olá Nepal Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

25
Out21

Madam Bo Dumplings

LM

Não há nada nesta vida que me deixe mais entusiasmada como experimentar restaurantes novos, e ainda por cima se for para experimentar comida que não sei cozinhar, perfeito!

 

Já tinha passado os olhos por algumas fotos no Instagram da Madam Bo, onde se destacavam as várias cores dos dumplings e o próprio espaço, que faz lembrar uma ruela algures na Ásia que, apesar de nunca lá ter ido, reconheço dos filmes como o sitio de eleição para uma boa refeição à "local". Quando lá cheguei ao restaurante, que fica ali em pleno Príncipe Real onde sempre fui muito feliz, foi isto mesmo que confirmei: a sensação é que estamos na rua mesmo estando dentro do restaurante, nessa tal ruela no meio de uma infinidade de sítios para comer comida rápida e saborosa. As mesas e cadeiras estão lá, mas penso que o objetivo é mesmo comer e seguir viagem, não estamos num sítio para "fazer sala". É street food sem o ser, acho que nós Portugueses ainda não estamos preparados para comer sem sentar o rabo... Mas adoro o conceito!

 

 

Passámos os olhos também pelo menu, que é exatamente como se quer: simples, curto e "especializado". Dá-me gosto ver isto: um menu simples e focado no que se faz de melhor por ali: dumplings. Escolhemos, pois está claro, dois de cada sabor, por forma a experimentar todas as opções: vegan, frango, vaca, porco e camarão.

No fundo do restaurante estava uma placa que nos ajuda a identificar os dumplings pelas cores: rosa é o de porco, preto o de novilho, verde de legumes e tofu, amarelo o de frango e por fim o de camarão e coentros "sem cor". Clarooooo que Maria LM só viu a placa no final da refeição e ficou o jantar todo a tentar identificar os sabores de cada um, o que até se tornou positivo para não enganar o palato com o seu cérebro destruidor de expectativas (provavelmente teria torcido o nariz ao de porco... e foi o que mais gostei!). Resumindo a experiência de sabores: amei todos. O meu inesperado favorito foi o de porco e sichuan (e claro que vou jurar até à morte que o culpado é o Sichuan mesmo não sabendo o que isso é. Google: uma pimenta talvez?). O vegan, talvez tenha sido o menos favorito, mas note-se que era incrível como todos os outros seus pares. 

 

 

Todos os dumplings, seja qual fosse a variedade que colocava à boca, eram uma surpresa e uma experiência diferente: o frango, não era só frango nem só shitake, era "Ásia", um sabor maravilhoso que nos leva a viajar por sítios diferentes. Isto aplica-se a todas as "bases" que ali podemos pedir, sejam elas o frango, a vaca, o porco ou até mesmo os vegetais, estamos a provar algo que até podemos comer todos os dias, mas ao mesmo tempo são uma novidade quando cozinhados e condimentados de forma diferente da nossa cozinha típica. 

 

Para acompanhar pedimos uma salada de pepino e outra de coleslaw. A salada de pepino é muito condimentada, o meu esposo adorou e comeu-a praticamente toda, foi a salada coleslaw que me ganhou o coração: com os seus amendoins a dar aquele crocante e um molho não tão forte e mais equilibrado para o meu gosto. 

 

IMG_20210930_201029.jpg

 

Por fim, e enganem-se se acham que tínhamos mais espaço para sobremesa (20 dumplings para 2 pessoas é um exagero, mas quem nos mandou ser bestas hum?), experimentámos a mousse de matcha que estava DI-VI-NAL. Aquele crocante de sésamo é a cereja perfeita em cima deste "bolo", doce sem ser doce, uma cremosidade que não estava à espera. (Perdoem-me as fotos da sobremesa, mas entusiasmei-me, mandei-lhe uma colherada mesmo à besta antes de tirar foto e tentei remediar depois... não ficou nada decente!)

 

 

Resumindo e concluindo: adorei a experiência e hei de voltar a ver estes dumplings à minha frente! Vejo o meu regresso ao escritório com mais entusiasmo, a incluir o Madam Bo nos pedidos de almoço, e quem sabe quando lá passar por perto, voltar a sentar-me numa naquelas mesas altas para um almoço/lanche/jantar/snack rápido... 

Agradeço mais uma vez à Zomato pela sugestão de experiência!

 

 

Madam Bō Handmade Dumplings Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

10
Nov20

SushiFashion Beloura

LM

Já tinha ouvido falar muitas vezes no SushiFashion na Beloura, mas por preguiça de ir parar a um sítio fora de mão, ia deixando passar a visita. Até que num dia com uma bela promoção de 50% na carta do The Fork, decidimos arrancar até lá, foi um belo incentivo! 

 

O restaurante está localizado dentro da Quinta da Beloura, super-chique-super-fashion. Lá percebi o porquê do nome, que de nada é a minha onda. O espaço fica meio escondido, é sempre bom ter o GPS nestas alturas da vida.

Quando chegámos ao restaurante, fomos sentados numa das mesas mais perto dos sushimans, o que normalmente eu até aprecio bastante, mas neste caso nem por isso. As duas mesas neste local em específico, pareciam um pouco "no meio da entrada", onde o staff tem várias mesas de preparação de encomendas para fora e também mesas com agendas e cheias de "coisas". O resto do espaço até pareceu ter uma decoração agradável (um pouco demasiado fashion para mim), mas devido à pandemia não achei prudente explorar, então fiquei com uma sensação estranha de não ter gostado do espaço.

Ainda me ri um bom bocado quando percebi que o canal que estava a passar na televisão era o (surpreendam-se): Fashion!

 

Mas falando do que interessa: começámos por um Hiramé (14€). Uma entrada fria composta por 12 peças de sashimi de salmão, atum e peixe branco com Ponzu trufado. Não fazia ideia do que era Ponzu, mas o trufado pareceu-me bem... Depois de um "google" percebi que é um molho à base de limão utilizado na cozinha japonesa, neste caso trufado, que acabou por dar um toque de "ceviche" ao sashimi. Estava uma maravilha! Logo aqui, deu para perceber a qualidade do corte e da frescura do peixe.

 

IMG_20201027_202224.jpg

 

 

Pedimos também dois combinados de 20 peças, um tradicional (20€) e um de fusão (22€).

Acho que vocês já me conhecem um bocadinho para perceber que adoro sushi tradicional, mas quando os sítios são bons, gosto de arriscar na fusão, porque quem sabe cozinhar japonês a sério sabe que não pode exagerar em molhos e molhengas. 

Não me desiludi! Pelo contrário. O combinado tinha cerca de 80% de peças tradicionais e lá havia uma ou outra de fusão, com aquele queijinho philadelphia que gosto tanto, ou com um ovo de codorniz por cima. As peças estavam todas muito bem feitas, o arroz com o Su super equilibrado, as algas saborosas e crocantes, o peixe todo incrívelmente bem cortado e fresco. Muito bom mesmo!

 

IMG_20201027_203631.jpg

 

 

Para sobremesa um petit gâteu com uma bola de gelado, só porque sou gulosa e apetecia-me algo doce. Fiquei arrependida de não ter pedido sashimi para sobremesa, como faço habitualmente... Mas também não fiquei insatisfeita!

 

IMG_20201027_211037.jpg

 

 

Provavelmente vamos voltar porque o espaço tem parceria com Zomato Pro (25% de desconto) e tudo o que provámos estava bom. Sem a parceria, não sei se o voltaríamos a fazer. Não por falta de qualidade, mas porque temos muitas alternativas igualmente boas, pelo mesmo preço ou mais em conta, mais perto de casa e não houve nada que se destacasse de forma a fazer-nos voltar (sem o desconto). 

 

PS: Já agora, se ainda não têm Zomato Pro para aproveitar estes descontos, têm 20% de desconto na subscrição com o código LMNOTT !

 

 

SushiFashion Beloura Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Mais sobre mim

Zomato Blogger

View my food journey on Zomato!

Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Sigam no Instagram @lmnottobacco

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.