Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LM, fast foodie

Pasta-expert *** Master na arrumação da caixa de sushi *** Doutoramento na cozinha do desenrrascanço *** Veggie Friendly *** Viciada em comer-fora e arruinar carteiras

02
Nov22

Kantō Sushi Fusion

LM

 

Todos temos pratos ou tipos de cozinha favoritas, e para quem me segue há algum tempo, seja por aqui ou pelo Instagram, sabe que eu tenho problemas com sushi. Tenho, não há como negar.

Olá, eu sou a LM, tenho demasiados anos, e sou viciada em sushi.

 

Eu fico a tremer, toda suada, cheia de comichões, só de pensar que vou comer sushi dali a umas horas, tal é normalmente a ressaca. Mas agora parando um pouco com o exagero desta descrição de amor a esta iguaria nipónica, vamos acalmar e falar sobre a experiência no Kantō (nota técnica: eu não sei colocar esta barra em cima do "o", tive de copiar imensas vezes - se alguém quiser explicar como se eu fosse muito burra, agradeço que o deixem nos comentários para uma próxima).

 

Bem (p%rra que chata), lá fui eu e o meu esposo até ao Kantō que fica numa zona que amamos demais: na estrada da Luz, relativamente perto das Torres de Lisboa. Este sítio é muito especial para nós, dado que morei ali muito perto, onde passámos muito tempo do nosso primeiro ano de namoro. O restaurante está super bem localizado, com uma esplanada gigantesca que nos convida a voltar nos dias de maior calor para aproveitar as boas noites Lisboetas. 

A decoração do espaço no seu interior é convidativa, com um ar mais modernaço e a fazer juz ao tipo de sushi que se faz ali: de fusão - é mais criativo, mais moderno, mais cenas.

C4F53387-5CAA-43F2-AFE0-D0D915433E89.jpeg

 

Como talvez se recordem, eu sou mega fã de sushi tradicional e também gosto de dar umas mordidinhas em sushi de fusão (bem feito). Se calhar tenho de dar aqui um pouco mais de contexto na parte do "bem feito", é que para mim é sempre um risco provar novos sitios de sushi deste género: ou amo, ou odeio. Não costuma haver um meio termo... porque não é nada fácil encontrar espaços que o façam sem entrar no exagero de molhos, fritos, frutas, e coisas estranhas.

 

Ficámos numa mesa perto dos sushimans e digo-vos que o balcão impressionava: as peças de peixe com um ar bem fresco, bem acondicionadas, tudo limpo e impecável. Vi vários tipos de peixe, o que me traz logo um alívio por que sabem o que estão a fazer.

No Kanto, temos a opção de pedir à carta mas também escolher um dos dois menus de degustação: o Japonês (15€ ao almoço ou 20€ ao jantar) e o Fusion (18,6€ almoço e 24,9€ ao jantar - que inclui mais coisas que o primeiro, tipo katsu de porco e outras entradas japonesas mais elaboradas). Nós fomos pelo Japonês, que inclui carpaccio de salmão, hot rolls, spring rolls e a selecção de sushi e sashimi do chef. 

Como não sou grande fã de hot rolls, pedi para serem moderados nos fritos, um pedido que foi prontamente atendido. Mas claro, primeiro veio o carpaccio de salmão, que estava muito bom, mas que pecava por serem poucas peças.

4F79ABB8-065B-48A1-8217-B435BCD65932.jpeg

 

Os hot rolls e spring rolls, apesar de eu ter esta esquisitice com eles, estavam mesmo muito bons (o que não costuma ser algo que eu escreva!). 

BEEF2E89-5367-4B71-B297-63B7320A67A4.jpeg


A selecção de sushi e sashimi, além de ter uma apresentação cuidada (os olhos também comem!) continha peças que não vemos em todos os restaurantes: sashimi de polvo, algumas misturas fora do normal com vários tipos de peixe na mesma peça. Muito criativo! O arroz estava bem feito, a proporção das peças muito equilibrada (sim, sushi quer-se em peças pequenas!), nada de sushi de fusão demasiado exagerado nós molhos (muita fruta, mas pronto são gostos). Gostei bastante apesar de não ser a minha praia tradicional do costume. 

2442F710-B805-4A91-8750-4D61ADDD6D86.jpeg


As sobremesas eram super fofas: um brownie e um petit gateau de chocolate, com gelado e uma apresentação super colorida. Estavam óptimos, mas tenho pena que não sejam feitos no local... Isto foi um ponto a menos.

1053338F-30A4-411B-9B9B-E2F99E3F6C41.jpeg

699393A5-B950-4D1E-A92A-821036FF8272.jpeg

 

Se é dos meus sushis preferidos? Não, acho que tem muita margem para melhorar alguns detalhes: a qualidade do atum e/ou preparação (não estava fantástico), o Su do arroz estava demasiado doce para mim, as sobremesas de supermercado... são pormenores vá. A experiência de forma geral foi muito boa para um preço justo, só acho que tendo em conta a oferta que há hoje em dia, tem todo o potencial para se destacar ainda mais e subir a parada. E principalmente se aquela esplanada fantástica for melhor aproveitada para o verão e quem sabe até inverno (espaço não falta!)

 

Quando formos matar as saudades da zona, é sem dúvida um spot para voltar!

 

O melhor de tudo, tem 20% de desconto em Zomato Pro! É de aproveitar :)

Kantō Sushi Fusion Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

19
Ago22

Um "Quintal" que todos queremos ter - Amadora

LM

Já tinha ouvido um zum-zum sobre o Quintal há algum tempo... Falaram-me sobre um sítio bem escondido, tipo pérola no meio da Amadora, com uma decoração catita e comida boa. Ora, do que é que nós estávamos à espera para ir lá conhecer?

 

Quando chegamos à porta do Quintal, parece que o espaço está encerrado, mas não, a porta está propositadamente fechada e só entramos após tocar à campainha. Adoro este pormenor, parece que estamos mesmo a tocar à porta de casa de alguém que nos espera para jantar.

A entrada do espaço é amorosa, um Hall de entrada cheio de pormenores que ainda adensam mais esta narrativa de que estamos em casa de alguém, com um estilo muito kitsch, devo dizer.

Mais lá para dentro, uma sala composta por algumas mesas, um espaço muito acolhedor e com uma luz baixa (serve já de aviso para a qualidade das fotos, esta luz não ajuda nada aos foodies viciados em Instagram...). Para um jantar romântico ou calmo, acho que é um espaço perfeito!

 

 

O couvert é composto por pão feito no restaurante (amei a broa de milho) e manteiga aromatizada com ervas. Estava com apetite para uma boa carne, então quando encontrei bife do lombo no menu, fiquei extasiada porque era mesmo isso que me apetecia! Mas não sem pedir primeiro uns ovos rotos para partilhar. Ah! Sim, grande parte da carta é pensada para partilhar pratos e poder assim petiscar várias iguarias, de qualquer forma acabei por pedir o bife porque não saía mesmo da cabeça e deixei os petiscos para depois.

Os ovos rotos estavam bons, mas infelizmente os ovos estavam demasiado passados, que tornaram todo o petisco mais seco do que é costume. Sabor top, mas faltou ali aquele UAU...

IMG_20220628_203129.jpg

 

Quando o bife chegou, percebi logo que tinha feito asneira... Mais batatas, mais presunto, mais ovo... e a única diferença seria a carne. Não pensei de todo que seria praticamente igual, mas só posso assumir que foi parvoíce minha. De qualquer forma, um bife do lombo é um bife do lombo.

O que correu mal? A minha expectativa. O bife "do lombo" afinal era mesmo "do lombo" (note-se as aspas). E não consigo muito bem compreender porque é que colocam "do lombo" se não é do lombo... A parte que me deixou um pouco desapontada é que notei o pormenor das aspas antes de pedir, e perguntei à funcionária que nos atendeu o porquê de ter as aspas - ela disse que não sabia - perguntei "então mas é bife do lombo ou não é?" e ela encolheu os ombros. Pedimos na mesma, porque achámos que não faria sentido fazerem tal coisa... Era mesmo "do lombo" (estou a ser irónica, porque não era do lombo, claro... e agora fiquem tão confusos quanto eu fiquei!). 

Final das contas: o bife estava bom, mas mais uma vez. Meh

IMG_20220628_205312.jpg

 

Não fiquei convencida que este sítio, que tanto já me tinham falado bem, seria tão grande desilusão... Então minha gente, agarrei no telemóvel e encomendei para casa, passado uns bons dias, outros pratos para provar e tirar as teimas. E qual é o meu espanto? Estavam ótimos!!! Provei o pica-pau de novilho, o risotto de camarão com manga e caril (o meu favorito!), o risotto de cogumelos... e gostei de tudo, nada a ver com este "azar". Voltei lá mais tarde com uma amiga ao restaurante mesmo, e pedi novamente o risotto de camarão, espetacular!

Por isso meus queridos, às vezes só uma visita não basta... pode haver algum dia em que a nossa escolha foi parva e também um dia mau na cozinha (quem nunca?). 

Um detalhe importante para Zomato lovers, aqui temos desconto de 15% no total da fatura com Zomato PRO! 

 

Mas há algo que tenho de deixar de sugestão ao restaurante:

1- Sirvam bife do lombo sem aspas

2- Sirvam bife do "lombo" mas avisem os clientes que não é

3- Ou tirem só as aspas, por favor, isso confunde muito...

 

 

 

O Quintal Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

19
Ago22

Omaggio @ Praia do Sal Resort - um refúgio perfeito a meia horinha de Lisboa

LM

Caros leitores foodies,

 

Já sabem que quando vos trago novidades, costumam ser das boas! E após uma semaninha de férias fora deste grande Portugal, não imaginava eu estar aqui a escrever-vos sobre um sítio incrível para fugir uns dias, mas aqui tão pertinho de Lisboa.

Onde?! Onde?! Onde?! - perguntam vocês.

Em Alcochete! - respondo eu.

Mas isso não é a terra do Freeport? - perguntam novamente, com um tom surpreso.

É pois! Mas vai deixar de ser "só" a terra do outlet (e note-se que há mesmo muuuiiitttoooo mais para conhecer em Alcochete) e vocês vão passar a ter mais um local de referência, um brutalíssimo resort mesmo em cima do Tejo para planear umas belas férias ou quem sabe uma escapadinha anti-stress!

Refiro-me ao Resort Praia do Sal, que é só assim uma coisa magnífica de se conhecer. Um empreendimento com design moderno inserido num contexto natural: rio, espaços verdes e muita descontração. O Resort fica literalmente à beira do Tejo, com uma pequena doca até um moinho respeitosamente conservado e uma luz que não consigo bem descrever por palavras... Mas vou tentar! Estão a ver aquela luz de final do dia com alguma "cassimba" no ar? (Não sei se cassimba é uma palavra usada neste Portugal fora, mas na minha terra significa aquela humidade clássica à beira mar, meia-parva, que estraga todo um cabelo encaracolado perfeito) Pronto, é combinação luz/humidade que nos fazem entrar num mood de filme icónico, onde a luz reflete de outra maneira e parece que estamos de férias e o mundo é lindo e perfeito... É difícil explicar, juro que ainda não tinha consumido uma pinga de álcool...

Neste empreendimento, além de um "com-muito-bom-aspeto" SPA (que tenciono CLA-RA-MENTE experimentar num fim de semana de escapadinha), temos também o Omaggio, o restaurante italiano que fica neste local mas que está aberto ao público em geral (para os mais envergonhados que acham que estão a entrar no hotel, aviso já que o acesso ao restaurante tanto se faz diretamente pelo hotel como tem uma porta independente, ao lado da porta principal). E tem um Menu Executivo ao almoço com um preço incrível (15€ - podem consultar o menu semanal na página deles!)

 

É então aqui, após esta "breve" introdução às redondezas, que começa a descoberta do Omaggio, que mesmo antes de entrar, já me tinha impressionado pela decoração... Um restaurante com a mão do Chef Fábio Paixão da Silva de "homenagem à cozinha italiana, aos seus produtos, cheiros, cores e sabores". A esplanada na parte de trás do restaurante é incrível: seja pela piscina decorativa que nos remete para um ambiente de verão, como também pela vista para o rio Tejo. Acho que as fotos vão falar por si!

IMG_20220620_195424.jpg

 

Sentem-se nesta esplanada a beber um cocktail e a ver o pôr do sol, não se vão arrepender!

IMG_20220620_201414.jpg

 

No interior, as mesas estão impecavelmente preparadas para as refeições, num espaço amplo que tanto dá para grupos maiores, como também dá para mesas mais recatadas (para aquele jantar romântico, não é?). A cozinha é "aberta" e podemos ficar horas a admirar os chefs na sua arte, a observa-los que nem voyeurs enquanto preparam os pratos ou colocam as pizzas no forno (forno lindíssimo, tenho que dizer! Mais parece uma peça de museu!). 

IMG_20220620_195258.jpg

 

 

Agora falando de coisas sérias e comestíveis:

Como manda a lei, começámos pelos couverts e tenho a destacar: a manteiga de alho e ervas, a ciabatta, a focaccia e a Marinara (uma entrada típica feita com massa de pizza).

 

De Antipasti (só uma nota de amor aos italianos por terem inventado nomes diferentes para comermos entradas duas vezes), experimentámos a Burrata All' Omaggio e os Arancini. A parte difícil é conseguir escrever esta parte do texto sem começar a chorar/salivar/desesperar pelos Arancini... Como é que algo tão pequeno e parecido com um simples croquete, pode ser tão divino? É este o nível desta entrada, e para quem não está tão a par do que é um Arancini, é uma bolinha de risotto cheia de queijo e fumados italianos, que aqui são acompanhados com uma maionese trufada. Claro que a burrata estava também incrível - é queijo, é bom - mas nunca tinha comido uma com salicórnias de Alcochete e tão bem temperada.

 

Pronto, podia ficar por aqui e já estava incrivelmente maravilhada com o Ommagio. MAS NÃO! Ainda faltavam os pratos principais para compor o ramalhete e me deixar de queixo caído. (Já deu para perceber que adorei né? spoiler alert).

Experimentámos um pouco de tudo: o Risotto Gamberi e Vongole que muito bem servido de camarões e ameijoas, Risotto ai funghi que nunca falha, e a Lasagna Della Casa que, tendo em conta o meu gosto pessoal, faltou um pouco mais de queijo para compensar tanto tomate.

 

 

Também provámos as pizzas ao estilo Napolitano, com massa de fermentação lenta e confecionadas em forno de lenha: Frutti di Mare, Picantina, Milanezza e Margherita - todas estavam incríveis, com um rebordo crocante perfeito, achei que não ia apreciar a frutti di Mare mas estava mesmo deliciosa (eu que não sou fã de atum nas pizzas, tive de me render às evidências!)... mas a minha favorita foi sem dúvida a Picantina (que leva picante da casa, pepperoni e flor de sal).

 

 

Fiquei com muita vontade de voltar para experimentar as pastas, o meu italian guilty pleasure, mas não havia mesmo nem mais um milímetro em mim para mais.

Mas claro, foodie que é foodie, deixa sempre aquele espacinho para as sobremesas! Fomos brindados com uma tábua de mini sobremesas para que pudéssemos provar quase todas: Bolo mousse de chocolate, Cheesecake de ricottaTiramissú e Panna Cotta. Tenho de admitir que já provei melhores tiramissú, não sei se o facto de estar servido num recipiente mini influenciou o sabor final (é provável, porque adoro este doce carregado de creme), e é aqui que me sinto na obrigação de voltar para confirmar... (nota para mim própria: mais uma bela desculpa para dar ao meu marido)

Fiquei pasmada com o cheesecake de ricotta, estava ótimo! E o bolo/mousse de chocolate merece o prémio do mais gostoso!

IMG_20220620_225733.jpg

 

Resumindo, acho que é um espaço que vale TODA a pena de guardarem no vosso GPS, na vossa lista de restaurantes a visitar no futuro... na vossa wish-list, nos vossos favoritos, o que vocês usarem, pronto! Acho que a ideia de fazer uma escapadinha naquela zona é fantástica, aproveitar para fazer uma bela massagem e relaxar no SPA, acabar nesta esplanada magnifica a curtir o pôr do sol (entra o Toy), beber um cocktail e terminar com uma refeição fantástica. Acredito que em breve o farei novamente, porque no final das contas, foi um dia muito bem passado e especial! 

 

 

 

Omaggio • Restaurante & Bar Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

31
Mar22

Olá Nepal - uma viagem no centro de Lisboa

LM

Fomos descobrir o Nepal ali ao Conde Redondo, e o mais estranho é que morei vários anos ali ao lado e, apesar de este espaço ter estado sempre por lá, eu nunca tinha entrado... Assim fui matar as saudades da zona e conhecer este recatado restaurante em pleno coração da cidade. O restaurante fica mesmo na rua do Conde Redondo, na descida quase a chegar à Universidade Autónoma.

 

Ao entrar, sentimos logo o ambiente Nepalês com aquela decoração clássica do país: fotografias de várias cidades, especiarias, arte Hindu... Um espaço acolhedor e despretensioso.

 

IMG_20211201_201700.jpg

 

A nossa mesa estava reservada, e aconselho-vos a fazer o mesmo pois o espaço não é o maior e estava composto. Nos dias quentes, há sempre a opção de ir para a esplanada, mas não era o caso. Vimos várias pessoas a chegar sem sorte de ter mesa e fomos num dia supostamente calmo, durante a semana. Fomos recebidos e encaminhados à nossa mesa com a maior simpatia, pedimos ajuda para escolher os pratos (claro, a opinião de quem sabe é sempre a melhor! Mas nós já tínhamos alguns favoritos em mente).

 

Primeiro, como manda a lei, vieram as entradas da casa e não podia faltar o Pão Naan recheado com queijo (confesso que às vezes tenho desejos disto, podia ser a minha refeição completa). Este é mais fofinho e massudo do que a maioria dos que já provei, o queijo derretido por dentro faz toda a diferença. Muito bom!

 

IMG_20211201_202948.jpg

O Papari (aquela coisa crocante na foto seguinte) não é a minha praia, mas usei-o para comer o prato principal e combinou muito bem.

 

IMG_20211201_202902.jpg

 

Chamem-me exagerada, mas queijo nunca é demais. Tinha mesmo de provar o Paneer Pakora, que são pedaços de queijo fresco envolvidos em farinha de grão... Fritos (inserir smile com mãos na cara a esconder a vergonha). Mas é tãoooooo bom!

 

IMG_20211201_203501.jpg

 

Como principais, pedimos Korma de camarão e Tikka Masala de frango. Como adoro Korma, tenho termo de comparação com muitos outros restaurantes e posso dizer que este estava mesmo muito bom: bem servido de camarões e com um molho muito suave. O Tikka Masala do meu esposo (sim, adoro dizer esposo) estava muito saboroso, porém, não consigo dar grande feedback tendo em conta que ele espeta metade do frasco de picante lá para dentro. Contudo, ele adorou. Adoro o facto de servirem os pratos principais nestes potes (na foto seguinte, e se quiserem espreitar os meus stories no Instagram está lá um vídeo também nos destaques "Lisboa") que não só são giríssimos como também mantém o conteúdo sempre quentinho. Maravilha! Pedimos arroz basmati a acompanhar, porque prefiro não misturar mais sabores, mas há muitas opções de arroz!

 

IMG_20211201_205640.jpg

 

Como podem calcular, depois de tanta entrada e estes pratos bem compostos, só havia espaço para este xiripiti... 

IMG_20211201_213745.jpg

 

O staff foi extremamente atencioso, adorámos conhecer o espaço e a comida.

Ficámos com muita vontade de voltar para pedir o prato da mesa do lado (eu sei, vou para o inferno por andar a desejar as coisas do vizinho do lado) que consistia num pedido especial onde vêm vários pratinhos com um bocadinho de cada coisa. Infelizmente não estava no menu, mas pelos vistos pode pedir-se! 

Nota importante: este restaurante tem 20% de desconto em Zomato Pro, por isso aproveitem!

Um restaurante para voltar em breve!

 

 

 

Olá Nepal Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

01
Fev22

Chutnify - uma viagem à India, mas ali em Cascais

LM

Tive a oportunidade de conhecer o Chutnify em Cascais provavelmente numa das alturas mais engraçadas para o fazer, no festival das luzes (aka. Diwali)! Acho que a grande maioria dos Lisboetas já conhece ou já ouviu falar no Chutnify do Príncipe Real, porque a fama o precede já há alguns anos.

20220201_100514-COLLAGE.jpg

 

 

Esta festa hindu, conhecida por ter imensa cor, luzes e música foi a oportunidade perfeita para conhecer algumas das especialidades deste espaço e ainda poder usufruir de um ambiente festivo. A carta, apesar de ser especial para esta festa, tinha muitos dos pratos já conhecidos do menu habitual da casa. 

IMG_20211107_130322.jpg

 

 

Começámos pelas entradas (vou colocar por pontos para descrever melhor, dado que só pelos nomes ficava difícil para mim e para vocês):

  • Samosas de porco picantes - picantes, até para quem come wasabi à colher
  • Samosas de batata doce - que amei amei amei, o doce da batata com as especiarias fica perfeito
  • Gol Gappa - umas bolas tufadas com batata, grão de bico e uma água de tamarindo que "explodiam" de sabor ao colocar na boca 
  • Chiken 65 - frango frito crocante marinado em gengibre, limão e iogurte com 65 especiarias, um mimo!

 

IMG_20211107_134739.jpg

 

 

Mas agora percebo que me esqueci de um pormenor, começámos pelo cocktail antes de comer seja o que for.. e foi uma surpresa! Não estava à espera de encontrar tequila por um restaurante indiano, mas este cocktail "Anarkali" que além da tequila também tinha romã, cointreau, limão e chaat masala casou na perfeição com as entradas. Este restaurante tem uma carta bastante completa e interessante de cocktails muito bem conseguidos. 

IMG_20211107_133623.jpg

 

Uma das coisas que posso dizer com toda a convicção é que, pelo menos para mim, vir aqui é uma opção fantástica para jantares onde queremos conviver e ir petiscando com qualidade, o facto de podermos partilhar vários pratos, provar um pouco de cada, a comida vai chegando e nós nem damos pelo tempo a passar... Felizmente, estava bem acompanhada e pudemos fazer esta festa na mesa:

  • Chole bhature com pickle de manga - um curry bem picante de grão de bico servido com um pão frito (muito macio e fofo) acompanhado com um pickle caseiro de manga. 
  • Tikka masala de frango com arroz pulao - costumo comer bastantes vezes este prato noutros sítios, mas este tem uma qualidade muito a cima do que estava habituada! 
  • Balchao de camarão com naan de manteiga - este foi provavelmente o mais picante de todos os pratos, para quem adora picante como eu estava mesmo no ponto. O facto de ser acompanhado pelo naan amanteigado, equilibra bastante os sabores e torna-se mais suave.
  • Asas de frango Tandoori - marinadas em iogurte, bem picantes e crocantes
  • Malai kofta com arroz pulao - este prato foi sem dúvida o que mais gostei, talvez por ser também uma novidade para mim, mas adorei a combinação das bolinhas fritas de batata com um molho super cremoso de cebola e tomate. 

IMG_20211107_140302.jpg

IMG_20211107_140340.jpg

 

Como podem calcular, não se pode conhecer um sítio novo sem fazer a visita completa, para sobremesas seguimos as duas sugestões do menu Diwali: um mango sago pudding e samosas de chocolate acompanhadas com gelado. Por incrível que pareça, estava a torcer o nariz às samosas e foi sem dúvida uma boa surpresa! O crocante da samosa, quentinha, com o gelado de baunilha a equilibrar, fica super saboroso (e claro que não sabe de todo a uma samosa salgada, ao contrário do que eu imaginei).

IMG_20211107_144247.jpg

 

Posso dizer que esta foi uma das melhores experiências que tive num restaurante de cozinha indiana. A comida era fantástica e o espaço está absurdamente bem decorado, confortável e moderno, para não falar que a localização é perfeita (estas "novas" ruas amarelas de Cascais são uma pequena vila gastronómica cheias de vida).

 

Vou com certeza voltar, provavelmente na próxima dou um saltinho ao Príncipe Real para ficar a conhecer esse espaço, porque a comida com certeza já sei que não me vai desiludir. E claro, ainda há toda uma carta para desbravar! 

 

 

Nota importante: Para quem tem Zomato Pro, tem 20% de desconto no espaço do Príncipe Real! 

Chutnify - Cascais Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Mais sobre mim

Zomato Blogger

View my food journey on Zomato!

Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Sigam no Instagram @lmnottobacco

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.