Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LM, fast foodie

Pasta-expert *** Master na arrumação da caixa de sushi *** Doutoramento na cozinha do desenrrascanço *** Veggie Friendly *** Viciada em comer-fora e arruinar carteiras

13
Out20

Ristorante Pizzeria Mama Lucia - Manta Rota

LM

Bem, vamos começar por explicar que de férias também se come pizza :D

Principalmente quando várias pessoas nos recomendam o mesmo sítio: "Vais para Manta Rota? Epá, tens de ir ao Mamma Lucia!" - e assim fomos!

 

O restaurante fica no Redondel, assim lhe chamam os locais, um pátio interno de um condomínio mesmo no centro de Manta Rota. O local é muito agradável, resguardado do pouco vento que corre e com muitas opções de cafés e restaurantes. Para quem conhece a Ericeira, fez me lembrar os Navegantes. 

O Mamma Lucia é um restaurante de "vera cucina italiana" e é logo a primeira esplanada quando se entra por uma das duas entradas. Não fomos ao seu interior porque a noite estava maravilhosa e sentámo-nos na esplanada. Uma das coisas engraçadas que notámos logo, é que as empregadas são italianas e, pelo que percebemos, todo o staff o é. O que dá logo aquela sensação de "eles sabem o que fazem"! 

 

Olhámos para o menu, tinha muita vontade de comer massa, mas fome nem por isso... Decidimos começar por um pão de alho (com extra de queijo, claro) e uma pizza Carbonara (8,5€) para partilhar (já tinhamos deitado o olho nas do lado e pareciam bem grandes para pedir uma para cada um). 

Já me tinham dito que as massas eram divinais, inclusivamente que tinham aquela pasta "mergulhada" no queijo parmesão aberto... Até babei... Fiquei com pena de não ter mais dias para provar a especialidade, mas também falaram tanto nas pizzas que acabou por ser uma escolha difícil.

 

O pão de alho estava óptimo! Nada de extraordinário (as comparações são malvadas né), mas como sabem, pão + alho + queijo nunca tem muita possibilidade de nos defraudar as expectativas.

 

IMG_20200921_201212.jpg

 

A pizza chega à mesa e é de salivar: para uma pizza média, é gigante. Ainda bem que só pedimos uma. 

 

IMG_20200921_201639.jpg

IMG_20200921_201627.jpg

(desculpem lá a qualidade das fotos, mas não havia muita luz e nem reparei o quão péssimas ficaram!)

 

A massa da pizza é extraordinária para quem gosta, como eu, de massa fofa sem ser exageradamente grossa. Os ingredientes - esses sim fazem sempre a diferença - e aqui todos eles são frescos e de muito boa qualidade. A pizza estava realmente muito boa e ficámos super satisfeitos, sem necessidade de pedir alguma outra coisa. Mas claro que há sempre "aquele espacinho" para... a sobremesa!

E não é uma sobremesa qualquer, ah pois claro que não... Havia TIRAMISÙ (4,5€)!!! E acho que vocês já conhecem a minha obssessão com esta pequena delícia do belzebu... Então feita por Italianos, a expectativa estava muito em alta.

IMG_20200921_205610.jpg

 

E então? O que dizes LM sobre ela? 

Digo: malditas expectativas :(

Claro que o tiramisù estava delicioso, mas não era o que estava à espera. Eu sou muito apreciadora da receita que leva um creme mais encorpado (feito com muitos ovos, e bem gordinho), em que o creme é bem mais amarelado e delicioso. Este, era feito com natas e bem branquinho, o que não invalida o facto de estar bom e me deixar feliz. Mas... malditas expectativas! 

 

No final a conta foi bem simpática (o partilhar ajudou bastante, claro!) mas, mesmo assim, é um restaurante onde se come mesmo muito bem e os preços são muito acessíveis. 

Quando voltar à zona, quero visitar mais umas vezes este espaço. As massas ficaram aqui atravessadas... Talvez para o ano!

 

 

 

Ristorante Pizzeria Mamma Lucia Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

05
Jul20

L'Origine by Chakall

LM

Nestes tempos de guerra (de pós pandemia, vá), todos os restaurantes que tenham esplanada são vitórias. Se for uma esplanada catita e ao pé do rio, ainda melhor. 

Quando me falaram em ir a um live-act do DJ Chakall achei que esta era a oportunidade perfeita para conhecer o seu restaurante italiano, o L'Origine. Que tem uma esplanada bem gira, espaçosa e cheia de "verdes". 

Quando lá chegamos, a primeira coisa que me saltou à vista é que realmente parece que estamos no meio de um parque florestal, mas neste caso em pleno Parque das Nações. Mesas de madeira ao estilo pic-nic e, quando sentados nelas, só vemos verde à volta. E isto para mim, começa logo bem.

IMG_20200630_193226.jpg

20200705_233214-COLLAGE.jpg

 

O Chef Chakall está na sua mesa de DJ, mas sai desse espaço com muita frequência para receber todos os clientes que se aproximam, sempre bem disposto a dançar e a cantar, sentimo-nos realmente muito bem recebidos por ali. Estamos em casa, num ambiente descontraído e divertido. E não são todos os chefs que têm esta atenção com os clientes, esta descontração, que mete mãos à obra quando necessário e tem este cuidado em não deixar ninguém à espera. Impressionou-me bastante.

 

Falemos de comida, experimentámos uma variedade imensa de entradas, mas antes de tudo foi colocada a pergunta-chave para o meu coração: "Que cocktail vai querer? Bellini? Aperol Spritz?  Limoncello Tónico? " Isto prometia! Um atendimento super cuidado.

20200705_233059-COLLAGE.jpg

 

Todos, mas todos os produtos que tocaram a nossa mesa tinham uma qualidade inexplicável, os verdadeiros enchidos italianos: salame, prosciutto, tantos que nem sei bem enumerar todos.

Tábuas de enchidos com alguns pedaços de queijo parmesão, pequenas lascas de foccacia... Delicioso!

20200705_233033-COLLAGE.jpg

 

O salame picante veio acompanhado de um rolle (isto na minha terra é ir sair à noite, mas tudo bom) feitas com carvão vegetal (que fazem muito bem ao nosso corpitxo) e que apesar da cor estranha para comida, estavam fofinhas, saborosas, aquela massa que faz lembrar pizza mas não é bem. Sempre com uma apresentação irrepreensível e a fazer par com os queijos e enchidos italianos. 

Provámos também uma salada com carpaccio de salmão, é uma boa opção para quem não quer exagerar nos carbs (não é de todo o meu caso, mas aquele tempero com vinagre balsâmico do bom, não me podia escapar ao palato). 

 

Já satisfeita com as entradas, e com vontade de experimentar muito mais, passámos para os pratos principais: um ragu acompanhado de gnocchi, a pizza L'Origine e ainda a pizza Bresaola.

20200705_233254-COLLAGE.jpg

 

O ragu estava divinal e sinceramente precipitei-me ao achar que ia ser o menos interessante. Mas carne estufada lentamente ao ponto de se desfazer, combinada com pequenos bolinhos de massa é algo que não tem como falhar. Aqui, conseguem elevar para a perfeição.

A pizza da casa, a L'Origine, é simplesmente deliciosa. Esta vinha com a opção de massa de beterraba que lhe traz uma cor tão engraçada e deliciosa. O equilíbrio entre os ingredientes dispostos por cima e o molho de tomate, estava perfeito. Não consigo elaborar mais do que isto... Quando temos uma massa que é levedada entre 32 a 72 horas, sem fermentos, e por cima disto colocam ingredientes da maior qualidade, escolhidos a dedo por grandes chefs... Como não ter uma pizza perfeita? Era mesmo.

A pizza com a massa mais tradicional, todas as massas têm este conceito de zero fermento e são levedadas com carinho, estava igualmente boa. Mas depois de ter provado a da casa, não houve tanto amor, mas estava igualmente apaixonada.

 

Já refastelada e a sorrir (porque quando a refeição é assim, eu fico mesmo contente!), nós sabemos o que vem a seguir. E sabemos bem que a escolha vai ser fácil no meu caso: estamos num italiano, eu tenho, devo e preciso de um tiramisu. Mas pronto, depois dou aquela facadinha consensual nas sobremesas alheias para não me escapar nada! (Nota: sempre com colheres limpas antes de tocar na boca, como manda a DGS).

 

20200705_233133-COLLAGE.jpg

 

O tiramisu estava bom e bastante bonito, feito na própria casa. O que é bastante louvável! Ainda provei as panacottas que tinham 3 versões de topping e a que tinha frutos vermelhos estava maravilhosa. Mas sem dúvida o que se destacou foram os gelados. Apesar de não serem feitos no restaurante, foi uma grande luta para encontrar uma parceria de gelados artesanais que estivessem à altura do espaço, sem dúvida que o encontraram. O de chocolate era maravilhoso!

Sem absolutamente mais nenhum espaço para nada, terminei a refeição com um cafezinho, à maneira da casa: um granizado de café extremamente bem feito, no ponto certo! Um pouco doce, mas que fica super bem enquadrado após aquele sugar-high das sobremesas.

 

IMG_20200630_224351.jpg

 

Sem dúvida um espaço a visitar mais vezes, porque apesar de ter ficado com a sensação que provei de tudo um pouco, ainda ficaram muitos pratos para desbravar! Burratas, focaccias, massas, pizzas com outras bases e recheios, calzones, carpaccios! Meu Deus, um menu incrivelmente diversificado e depois de ter comprovado a qualidade de todos estes que provei, só tenho vontade de voltar.

Obrigada Chef Chakall pela sua enorme simpatia e dedicação irrepreensível! E a todo o staff, que surpreende pelo rigor com que fazem o seu trabalho, sempre com um sorriso na cara.

 

 

 

L'Origine by Chakall Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Mais sobre mim

Zomato Blogger

View my food journey on Zomato!

Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Sigam no Instagram @lmnottobacco

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.