Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LM, not tobacco

Pasta-expert *** Master na arrumação da caixa de sushi *** Doutoramento na cozinha do desenrrascanço *** Veggie Friendly *** Viciada em comer-fora e arruinar carteiras

25
Jan19

Receita Hambúrgueres Vegan Friendly de Grão e batata doce

LM

Após partilhar convosco no meu Instagram a minha master cooking class vegan (Not so master...) E após vários pedidos da partilha da receita, aqui está ela... Mais ou menos...

Passo a explicar em primeiro lugar que fazer hambúrgueres vegetarianos à la LM mode resume-se a uma coisa muito simples: ver o que há no frigorífico. Não sigo exatamente uma receita, vou adicionando os ingredientes, procuro a textura certa até chegar ao ponto perfeito. Por isso meus queridos, não desanimem quando os bichos não ficam perfeitos! Porque é após muita tentativa e erro na cozinha que conseguimos aprender alguma coisa :)

Mas mais ou menos foi assim que estes aconteceram:

Ingredientes

- 1 lata de grão cozido (400g! Podem guardar a aquafaba para uma bela mousse vegan hã?!)

- 1 batata doce grande cozida

- 1/2 pacote de cogumelos frescos

- salsa fresca (a minha tava congelada mas era bio, tá?)

- 3 dentes de alho picadinhos- óleo de coco / azeite

- 1 colher de sopa de linhaça em pó- temperos: pimenta preta, cominhos e sal

 

Bem, comecei por aquecer numa frigideira o óleo de côco com o alho até começar a borbulhar e espetei logo os cogumelos porque detesto o sabor de alho queimado. Enquanto os cogumelos estão em lume médio a cozinhar, escorri e lavei o grão de bico e depois triturei-o até ficar uma pasta (quem não tem processador, safe-se com um garfo). Entretanto já é hora de colocar esta pasta na frigideira com os cogumelos e juntar também aos pedaços a batata cozida para se ir esmagando também. Colocar os temperos a gosto, não vale a pena por muito sal porque o próprio grão já o tem (por ser de compra)! E por fim colocar a linhaça que ajuda a dar consistência à coisa. Deixar uns 3/4min a cozinhar, sem parar de misturar (parece um bocado que lutamos com a pasta que se vai formando, mas é mesmo assim). Após estes minutos tirar do lume e colocar num prato a arrefecer. Depois é só fazer bolinhas, ir achatando com jeitinho (no meu caso deu para 5 burgers porque gosto deles grandinhos) e depois dar lhes uma entaladela na mesma frigideira com um fio de azeite até ganharem aquele dourado bonito!

E é isto! Espero que se aventurem tentar fazer esta iguaria e que fiquem tão saborosos como os meus hehehe

Vou começar a partilhar mais receitas convosco ;) que isto de jantar fora muitas vezes faz mal à minha dieta!

02
Jan19

Pasta Non Basta

LM

Jantares de Natal... desculpas boas para combinar com os amigos um evento onde poucos se cortam e até podemos cometer a extravagância de não ir a um McDonalds.

Uma das minhas queridas amigas escolheu e reservou o restaurante, apesar de termos vivido muitos anos ali ao lado, não me lembro sequer de alguma vez o ter visto: Pasta Non Basta... o nome promete, tendo em conta de adoro comida Italiana... quem não?

Inserido numa das zonas mais privilegiadas de Lisboa mesmo pertinho da Gulbenkian, o espaço passa despercebido. Não tem muitas mesas, está bem decorado, só não gostei mesmo de ter de ficar numa mesa alta por todas as outras serem pequenas e/ou estarem ocupadas. Não acho confortável... Mesmo com a reserva efetuada com antecedência e o espaço estar ainda vazio, não nos trocaram de mesa.

Demoramos bastante tempo a pedir, realmente a escolha é um tanto vasta e a mim apetece me comer tudo. A decisão pizza ou pasta é algo que me deixa bastante confusa, frustrada e com vontade de ser obesa para poder comer as duas opções. Tive então de optar pela Calzone, tinha demasiado bom aspeto (apesar de ter ficado o resto da noite a salivar para a pasta do lado).

A Calzone estava qualquer coisa como divinal. Escolhi a "carnívora": com salame picante, muito queijo e sei lá mais o quê muito bom! Isto acompanhado com uma das minhas bebidas favoritas, lambrusco tinto, só podia correr bem!

Todos ficaram super satisfeitos com a sua escolha, as pastas tinham um aspeto espetacular e espero voltar em breve para dessa vez poder prová-las.

Apesar da Calzone ter um tamanho suficiente para me deixar a abarrotar durante 3 dias, ainda houve um espacito para fazer um pijaminha de sobremesas italianas: tiramisu, crema di mascarpone e mousse alla Nutella.

Recomendo vivamente o tiramisu, é estupidamente bem feito MAS atenção a quem não aprecia o sabor a álcool (está carregadinho!), o mascarpone era divinal também e funciona lindamente com a calda de pêssego e crumble apesar das nossas dúvidas iniciais... a mousse não lhe toquei porque não aprecio nutella (escândalo!!!)

Resumindo: amei!

Acho que é fácil amarmos os sítios também quando a companhia é a melhor... Quero voltar, mas POR FAVOR para uma mesa normal tá?

Nota técnica: apesar de eu achar que quando marcamos uma mesa para as 20h, é para lá estar às 20h, sei que isso não se adequa para o mundo inteiro... por isso meus amigos não cumpridores de horários, este restaurante não papa grupos (atrasados) porque têm dois turnos e se tá na hora do próximo, eles não têm culpa de quem chegou mais tarde! Fica o aviso para quem quer marcar mesa por lá :)

 

Pasta Non Basta Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Mais sobre mim

Zomato Blogger

View my food journey on Zomato!

Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Sigam no Instagram @lmnottobacco

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.