Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LM, fast foodie

Pasta-expert *** Master na arrumação da caixa de sushi *** Doutoramento na cozinha do desenrrascanço *** Veggie Friendly *** Viciada em comer-fora e arruinar carteiras

05
Jul20

L'Origine by Chakall

LM

Nestes tempos de guerra (de pós pandemia, vá), todos os restaurantes que tenham esplanada são vitórias. Se for uma esplanada catita e ao pé do rio, ainda melhor. 

Quando me falaram em ir a um live-act do DJ Chakall achei que esta era a oportunidade perfeita para conhecer o seu restaurante italiano, o L'Origine. Que tem uma esplanada bem gira, espaçosa e cheia de "verdes". 

Quando lá chegamos, a primeira coisa que me saltou à vista é que realmente parece que estamos no meio de um parque florestal, mas neste caso em pleno Parque das Nações. Mesas de madeira ao estilo pic-nic e, quando sentados nelas, só vemos verde à volta. E isto para mim, começa logo bem.

IMG_20200630_193226.jpg

20200705_233214-COLLAGE.jpg

 

O Chef Chakall está na sua mesa de DJ, mas sai desse espaço com muita frequência para receber todos os clientes que se aproximam, sempre bem disposto a dançar e a cantar, sentimo-nos realmente muito bem recebidos por ali. Estamos em casa, num ambiente descontraído e divertido. E não são todos os chefs que têm esta atenção com os clientes, esta descontração, que mete mãos à obra quando necessário e tem este cuidado em não deixar ninguém à espera. Impressionou-me bastante.

 

Falemos de comida, experimentámos uma variedade imensa de entradas, mas antes de tudo foi colocada a pergunta-chave para o meu coração: "Que cocktail vai querer? Bellini? Aperol Spritz?  Limoncello Tónico? " Isto prometia! Um atendimento super cuidado.

20200705_233059-COLLAGE.jpg

 

Todos, mas todos os produtos que tocaram a nossa mesa tinham uma qualidade inexplicável, os verdadeiros enchidos italianos: salame, prosciutto, tantos que nem sei bem enumerar todos.

Tábuas de enchidos com alguns pedaços de queijo parmesão, pequenas lascas de foccacia... Delicioso!

20200705_233033-COLLAGE.jpg

 

O salame picante veio acompanhado de um rolle (isto na minha terra é ir sair à noite, mas tudo bom) feitas com carvão vegetal (que fazem muito bem ao nosso corpitxo) e que apesar da cor estranha para comida, estavam fofinhas, saborosas, aquela massa que faz lembrar pizza mas não é bem. Sempre com uma apresentação irrepreensível e a fazer par com os queijos e enchidos italianos. 

Provámos também uma salada com carpaccio de salmão, é uma boa opção para quem não quer exagerar nos carbs (não é de todo o meu caso, mas aquele tempero com vinagre balsâmico do bom, não me podia escapar ao palato). 

 

Já satisfeita com as entradas, e com vontade de experimentar muito mais, passámos para os pratos principais: um ragu acompanhado de gnocchi, a pizza L'Origine e ainda a pizza Bresaola.

20200705_233254-COLLAGE.jpg

 

O ragu estava divinal e sinceramente precipitei-me ao achar que ia ser o menos interessante. Mas carne estufada lentamente ao ponto de se desfazer, combinada com pequenos bolinhos de massa é algo que não tem como falhar. Aqui, conseguem elevar para a perfeição.

A pizza da casa, a L'Origine, é simplesmente deliciosa. Esta vinha com a opção de massa de beterraba que lhe traz uma cor tão engraçada e deliciosa. O equilíbrio entre os ingredientes dispostos por cima e o molho de tomate, estava perfeito. Não consigo elaborar mais do que isto... Quando temos uma massa que é levedada entre 32 a 72 horas, sem fermentos, e por cima disto colocam ingredientes da maior qualidade, escolhidos a dedo por grandes chefs... Como não ter uma pizza perfeita? Era mesmo.

A pizza com a massa mais tradicional, todas as massas têm este conceito de zero fermento e são levedadas com carinho, estava igualmente boa. Mas depois de ter provado a da casa, não houve tanto amor, mas estava igualmente apaixonada.

 

Já refastelada e a sorrir (porque quando a refeição é assim, eu fico mesmo contente!), nós sabemos o que vem a seguir. E sabemos bem que a escolha vai ser fácil no meu caso: estamos num italiano, eu tenho, devo e preciso de um tiramisu. Mas pronto, depois dou aquela facadinha consensual nas sobremesas alheias para não me escapar nada! (Nota: sempre com colheres limpas antes de tocar na boca, como manda a DGS).

 

20200705_233133-COLLAGE.jpg

 

O tiramisu estava bom e bastante bonito, feito na própria casa. O que é bastante louvável! Ainda provei as panacottas que tinham 3 versões de topping e a que tinha frutos vermelhos estava maravilhosa. Mas sem dúvida o que se destacou foram os gelados. Apesar de não serem feitos no restaurante, foi uma grande luta para encontrar uma parceria de gelados artesanais que estivessem à altura do espaço, sem dúvida que o encontraram. O de chocolate era maravilhoso!

Sem absolutamente mais nenhum espaço para nada, terminei a refeição com um cafezinho, à maneira da casa: um granizado de café extremamente bem feito, no ponto certo! Um pouco doce, mas que fica super bem enquadrado após aquele sugar-high das sobremesas.

 

IMG_20200630_224351.jpg

 

Sem dúvida um espaço a visitar mais vezes, porque apesar de ter ficado com a sensação que provei de tudo um pouco, ainda ficaram muitos pratos para desbravar! Burratas, focaccias, massas, pizzas com outras bases e recheios, calzones, carpaccios! Meu Deus, um menu incrivelmente diversificado e depois de ter comprovado a qualidade de todos estes que provei, só tenho vontade de voltar.

Obrigada Chef Chakall pela sua enorme simpatia e dedicação irrepreensível! E a todo o staff, que surpreende pelo rigor com que fazem o seu trabalho, sempre com um sorriso na cara.

 

 

 

L'Origine by Chakall Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

16
Fev20

Pátio Antico

LM

Para quem já me segue há algum tempo, acho que não é novidade nenhuma que uma das cozinhas que eu mais aprecio é a Italiana. Sabores totalmente imutáveis no meu paladar desde que me lembro de ser pessoa. Quando me aventurei a cozinhar as primeiras vezes, talvez influenciada pelos ingredientes que tinha à mão no frigorífico da mãe, era sempre uma massa ou uma "nheca à Lena" que mais tarde vim a descobrir que se assemelhava a um risotto muito tosco... Mas é isto: um amor muito grande a massa, queijo e sabores mediterrânicos.

 

collage.png

 

Ir a um restaurante que já tem 20 anos de experiência e comandado pelo chef Rosario Corsa, italiano de gema, é um prenúncio de coisas boas e expectativas lá muito em cima. O Pátio Antico abriu em Paço de Arcos há mais de 20 anos, até tenho amigos que lá foram no seu primeiro encontro por ser exatamente um sítio "perfeito" para isso mesmo, agora encontramos a sua segunda casa no coração de Lisboa e num dos meus bairros preferidos - as Avenidas Novas. Este espaço já abriu há uns dois anos, mas devido a um incêndio e a uma posterior remodelação que não estava de acordo com o gosto dos donos, tem estado encerrado. Finalmente o restaurante reabriu portas com todo o seu esplendor, uma decoração simples mas muito cuidada, com aqueles detalhes no ponto e muito conforto.

 

Reservei mesa para as 20h, hora dos velhotes. A melhor hora para encontrar o restaurante calmo e para ter tempo de digerir tudo o que vou enfardar e conseguir ainda acordar às 06 da manhã para acabar a digestão. Os velhotes é que sabem!

 

collage2.png

 

Quando entrámos o ambiente era super calmo, fomos calorosamente recebidos e encaminhados para o fundo do restaurante onde a nossa mesa já estava à espera com algumas entradas: uma burratina de aspecto divinal, um carpaccio de salmão fumado, azeite e ainda uma cestinha de pão e grissinos caseiros. A burratina foi das melhores que comi até hoje, deitadinha numa cama de azeite e orégãos, desfazia-se a cada dentada, um sabor incrível! O salmão provei, mas infelizmente não consegui apreciar por recentes traumas com sushi :'( segundo o esposo, que comeu tudo, "estava bom" - mas para ele está sempre tudo bom.

Eu: "Estou gorda amor?"

Ele: "Está bom."

É isto, mesmo que tenha obesidade mórbida.

 

Bem, continuando com o que importa aqui: fomos recebidos pelo Sr. Miguel e pela simpática Salomé e ainda tivemos direito a um cumprimento do Chef. Ajudaram-nos com toda a paciência a descobrir a carta, gosto sempre de ouvir a opinião de quem sabe! Mas eu já tinha uma fisgada... na verdade duas! Foi atribuído o 2º lugar no ranking da MAGG das 10 melhores carbonaras para se comer em Lisboa, sem natas e sem cogumelos como manda a lei Italiana. Não podia perder isto por nada! E claro, a segunda fisga seria um belo carpaccio de vitela como entrada... Porque eu AMO carpaccio! 

 

IMG_20200213_201910.jpg

 

O Carpaccio estava de chorar por mais... A carne utilizada na casa é italiana, super fininha e bem temperada, com umas ervinhas por cima (adoro chamar ervas a rúcula, mas esta por acaso não sabia a relva de todo!), alcaparras e raspas de parmigiano. Este mix para mim, podia ser o jantar e "estava bom".

 

Eu pedi a carbonara, o esposo pediu umas almôndegas recheadas com queijo (penso que mozzarella, se não estou em erro) acompanhadas por ravioli recheados com queijo de cabra. Eu fiquei um pouco confusa com aquela escolha de almôndegas, quem é que pede almôndegas quando tens massa e risottos e tudo o que há de bom nesta vida, mas não podia ter sido mais parva neste à priori. Foram provavelmente das melhores almôndegas que comi nos últimos sei lá quantos anos, estavam suculentas, saborosas... e aquele queijo no centro de cada uma... oh meu Deus só de pensar já estou a babar de novo. Os ravioli estavam perfeitos, não consigo descrever de outra forma. Chorei a rir com a máquina que utilizam para raspar queijo parmigiano por cima dos pratos, que é automática e facilita em muito o trabalho da Salomé. 

 

IMG_20200213_203806.jpg

IMG_20200213_203731.jpg

 

A Carbonara? Podia só vos dizer: vão lá e comam. Não se vão arrepender. Meto estas mãozinhas gordinhas no fogo por ela.

Mas não vou ficar por aqui: Não tem cá invenções à tuga, é uma carbonara a sério: pasta, pancetta, ovos e parmigiano. Não confirmei com o Chef, mas pelo que me apercebi a saboreá-la, a pancetta é refogada em cebola que carameliza de tal forma que parece que estamos a caminho do céu. A massa estava envolta naquele molho que não sabemos bem o que é, mas é cremoso... é delicioso, aquele sabor de queijo... OMG já tou a salivar outra vez que nem um cão de Pavlov. Para "arrebentar" com o colesterol: pedaços de pancetta crocante no topo para nosso êxtase total.

 

Não consigo mais do que isto. Não imaginam o que é para uma pessoa como eu, que acorda, respira e vive comida ir a um sítio assim onde entram com uma expectativa elevada e saem de lá surpresos. 

 

Já não havia muito mais espaço em mim após todo este repasto dos Deuses que vos descrevi até agora... mas se há algo que eu aprecio nesta vidinha e não consigo recusar é Tiramisù. Foi um grande esforço? Não, teve mesmo que ser. E claro, há sempre aquele compartimento a mais no estômago para a sobremesa. Pedimos um "pratinho" para partilhar e veio um Titanic de tiramisù, este Sr. Miguel é preciso ter cuidado com ele... (um grande obrigada ao Sr. Miguel que nos recebeu com a maior simpatia e cordialidade). O tiramisù estava óptimo, até o esposo que não acha grande piada ao travo do álcool adorou este final.

 

IMG_20200213_211722.jpg

 

Por mim, ficava a dormir ali. Já não me apetecia sair. Foi um daqueles momentos em que somos tão bem recebidos, sentimo-nos tão em casa e toda a experiência em si é tão óptima, que podíamos ficar lá sentados até nos expulsarem por já ser tão tarde. Se calhar o bom vinho e o copinho de grappa ajudaram a este sentimento, mas voltarei com certeza para o confirmar mais vezes.

collage3.png

 

Fiquei super feliz em descobrir também dois pormenores nesta visita: tem Zomato Gold e também Uber Eats. Como se calhar já repararam, sou ávida utilizadora dos dois e assim vou conseguir mais facilmente atingir o primeiro objectivo traçado: experimentar todos os pratos da carta. O segundo objectivo é ir ao espaço em Paço de Arcos, não há nada como conhecer a casa-mãe.

 

A todos os que ficaram curiosos em lá dar um saltinho: enviem mensagem, liguem, enviem um pombo, que eu sou bem capaz de alinhar nisso! :D

 

 

Pátio Antico Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

02
Jan19

Pasta Non Basta

LM

Jantares de Natal... desculpas boas para combinar com os amigos um evento onde poucos se cortam e até podemos cometer a extravagância de não ir a um McDonalds.

Uma das minhas queridas amigas escolheu e reservou o restaurante, apesar de termos vivido muitos anos ali ao lado, não me lembro sequer de alguma vez o ter visto: Pasta Non Basta... o nome promete, tendo em conta de adoro comida Italiana... quem não?

Inserido numa das zonas mais privilegiadas de Lisboa mesmo pertinho da Gulbenkian, o espaço passa despercebido. Não tem muitas mesas, está bem decorado, só não gostei mesmo de ter de ficar numa mesa alta por todas as outras serem pequenas e/ou estarem ocupadas. Não acho confortável... Mesmo com a reserva efetuada com antecedência e o espaço estar ainda vazio, não nos trocaram de mesa.

Demoramos bastante tempo a pedir, realmente a escolha é um tanto vasta e a mim apetece me comer tudo. A decisão pizza ou pasta é algo que me deixa bastante confusa, frustrada e com vontade de ser obesa para poder comer as duas opções. Tive então de optar pela Calzone, tinha demasiado bom aspeto (apesar de ter ficado o resto da noite a salivar para a pasta do lado).

A Calzone estava qualquer coisa como divinal. Escolhi a "carnívora": com salame picante, muito queijo e sei lá mais o quê muito bom! Isto acompanhado com uma das minhas bebidas favoritas, lambrusco tinto, só podia correr bem!

Todos ficaram super satisfeitos com a sua escolha, as pastas tinham um aspeto espetacular e espero voltar em breve para dessa vez poder prová-las.

Apesar da Calzone ter um tamanho suficiente para me deixar a abarrotar durante 3 dias, ainda houve um espacito para fazer um pijaminha de sobremesas italianas: tiramisu, crema di mascarpone e mousse alla Nutella.

Recomendo vivamente o tiramisu, é estupidamente bem feito MAS atenção a quem não aprecia o sabor a álcool (está carregadinho!), o mascarpone era divinal também e funciona lindamente com a calda de pêssego e crumble apesar das nossas dúvidas iniciais... a mousse não lhe toquei porque não aprecio nutella (escândalo!!!)

Resumindo: amei!

Acho que é fácil amarmos os sítios também quando a companhia é a melhor... Quero voltar, mas POR FAVOR para uma mesa normal tá?

Nota técnica: apesar de eu achar que quando marcamos uma mesa para as 20h, é para lá estar às 20h, sei que isso não se adequa para o mundo inteiro... por isso meus amigos não cumpridores de horários, este restaurante não papa grupos (atrasados) porque têm dois turnos e se tá na hora do próximo, eles não têm culpa de quem chegou mais tarde! Fica o aviso para quem quer marcar mesa por lá :)

 

Pasta Non Basta Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Mais sobre mim

Zomato Blogger

View my food journey on Zomato!

Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Sigam no Instagram @lmnottobacco

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.